Perguntas Frequentes sobre Compostagem Doméstica

Dizem que, quanto mais aprendemos, mais temos certeza que pouco sabemos. Nessa mesma linha, quanto mais praticamos alguma coisa, mais e mais dúvidas aparecem. Pensando nisso,  consolidei no formato perguntas e respostas as principais dúvidas sobre o manejo do minhocário. Acredito que a grande maioria das situações estejam aqui. Mas caso a sua dúvida não esteja, coloque-a no campo de comentários.

Cabe ressaltar que fazer compostagem não é uma ciência exata. O tempo para compostar, bem como o resultado do processo dependem de vários fatores como os tipos de resíduos, a espécie de minhoca usada, o tamanho das caixas e o local usado para instalar o minhocário. Assim, é natural que algumas pessoas tenham resultados um pouco diferentes dos informados abaixo, sem que isso prejudique o benefício do húmus para as plantas. O que vale é fazer e observar os resultados!

Leia também:

Como fazer compostagem doméstica sem minhocas (passo-a-passo)
O tamanho do minhocário começa na sua cozinha

 

1. Espécies de minhocas: diferenças básicas

vermelha-da-califórnia, também conhecida como californiana ou minhoca-do-colarinho-branco, é uma espécie originária do Norte da Europa. Apresenta um comprimento médio quando adulta entre 7 e 13 cm, com um diâmetro máximo de 3 a 5 mm. Sua cor é vermelho amarronzada com listras amareladas entre os anéis.

gigante-africana é originária do oeste e norte da África, apresentando a cor vermelha amarronzada e reflete as cores do arco-íris no dorso. É significativamente maior do que a vermelha-da-califórnia, chegando a 20 cm de comprimento e 9 mm de diâmetro quando adulta.

Para produção de húmus, a espécie mais indicada é a vermelha-da-califórnia. Ela se adapta bem a regiões tanto de clima temperado como tropical, permitindo a produção de húmus o ano todo.

Já a gigante-africana, embora também seja indicada para produção de húmus, só apresenta boa produtividade nas estações quentes. Por isso, é mais indicada para produção de iscas.

Assim, as duas espécies são indicadas para compostagem doméstica. Se o objetivo for apenas a produção caseira de húmus, a melhor espécie é a vermelha-da-california.

Precisando de minhocas? Clique aqui.

2. Com quantas minhocas eu começo?

Segundo literatura especializada, a quantidade ideal de minhocas para se iniciar uma criação são 1.000 minhocas por metro quadrado.

Mas é preciso considerar que essa quantidade está indicada para minhocários em valas ou montes, com resíduos ou estercos previamente compostados. Além disso, minhocários domésticos não são previamente cheios, e sim recebem os resíduos orgânicos na medida em que são gerados em casa. Por essas razões, a quantidade de minhocas para um minhocário doméstico precisa ser um pouco menor.

Dimensionando a quantidade recomendada para um minhocário doméstico com duas caixas de 45cm x 35cm x 20cm (aproximadamente 0,16 m2), o número para começar não deve ser superior a 120 minhocas adultas, lembrando que é preciso colocar cerca de dois dedos de húmus na caixa antes de colocar as minhocas. Em dois meses a população deverá dobrar e, em quatro, já será capaz de produzir.

Cabe ressaltar que o manejo de minhocários domésticos que processam resíduos orgânicos é diferente de minhocários industriais que processam substratos previamente compostados. Enquanto o primeiro vai recebendo os resíduos na medida em que são gerados, o segundo insere as minhocas em substrato totalmente favorável ao processamento.

Por isso, atentar para alguns procedimentos é fundamental:

    • Quando a primeira caixa fica cheia é preciso move-la para o meio. Isso permite os resíduos sejam totalmente compostados e processados pelas minhocas.
    • Com uma população quadruplicada, o húmus estará pronto para separação em 4-6 semanas.
    • Para fazer a separação, use uma peneira grossa número quatro.
    • A separação não é obrigatória. Com os resíduos compostados, a maior parte das minhocas já estará trabalhando na outra caixa. Assim, é possível aplicar o composto diretamente.

Atenção: use o húmus em até seis meses após a coleta. Acima deste período o húmus passa a perder nutrientes.

3. Quanto tempo demora para começar a produzir húmus?

O prazo varia de acordo com a quantidade de resíduos utilizada e o clima. No calor, o tempo médio é de 25-30 dias. Já no inverno chega a 45 dias. Por isso é importante atentar para as dicas dos itens 14 e 19.

Aguarde encher a caixa de cima até a metade, passe-a para baixo e aguarde o prazo. Faça o mesmo com a outra caixa. Quando for usar a caixa 1 novamente, a quantidades de minhocas já será suficiente para compostar a caixa cheia.

Dica: para reconhecer se o húmus está pronto, basta checar se ainda existem resíduos a serem compostados.

4. Qual a taxa de reprodução das minhocas?

Num ambiente de umidade e temperatura ideais, a quantidade inicial de minhocas dobra a cada dois meses.

5. Preciso revirar os restos de alimentos no minhocário periodicamente?

Não.As próprias minhocas são responsáveis por isso. O único cuidado é evitar que os resíduos fiquem muito compactados ou úmidos. Se perceber isso, então é bom afofear o conteúdo. Mas faça com bastante cuidado para não machucar as minhocas.

6. Qual a função da torneira no minhocário?

A torneirinha é fixada na caixa de baixo para facilitar a coleta do chorume. De outra forma seria preciso desmontar todo o minhocário para fazer a coleta.

7. Por que colocar serragem, folhas secas ou jornal toda vez que colocar alimentos?

Manter os restos de alimentos cobertos é importante para evitar cheiros e bichinhos indesejáveis.

8. O que posso colocar no minhocário?

Podem ser colocados para compostar frutas, legumes, verduras, grãos e sementes, saquinhos de chá, erva de chimarrão, borra de café e de cevada (com filtro), sobras de alimentos cozidos ou estragados (sem exageros) e cascas de ovos, palhas, folhas secas, serragem, gravetos, palitos de fósforo e dentais, podas de jardim, papel toalha, guardanapos de papel, papel de pão, papelão, embalagem de pizza e papel jornal (sem cor).

9. Posso usar qualquer resto de alimento no minhocário?

Nem todos os tipos de restos podem ser jogados. Não devem ser colocados no minhocário carnes de qualquer espécie, casca de limão, laticínios, óleos, gorduras, papel higiênico usado, fezes de animais domésticos, excesso de frutas cítricas (laranja, mexerica, abacaxi, etc), excesso de sal (sobras de comida), alho e cebola.

10. Posso usar esterco de bovinos, caprinos, suínos e galináceos no minhocário?

Pode. Só tome cuidado com a quantidade. Como o esterco vai compostar e aumentar a temperatura do minhocário, uma grande quantidade de esterco por tornar o ambiente muito quente para as minhocas.

O ideal é colocar o esterco após ser curtido durante 90 dias protegido da luz e da água da chuva. Nesse estado ele já não elevará a temperatura do minhocário.

11. Posso colocar fezes de animais domésticos?

Não é indicado. A compostagem é lenta e o chorume gerado precisa ser corretamente destinado para que não haja contaminações com organismos patogênicos.

Isso vale também para o papel higiênico usado.

12. Posso colocar restos de animais no minhocário?

Não recomendo. Restos animais são complicados de manejar pois demoram muito para compostar, gerando mau cheiro e podendo atrair roedores.

13. Posso usar no minhocário a grama ou poda do jardim?

Pode.

14. Posso colocar restos de alimentos cozidos?

Pode, desde que em pequenas quantidades, como em sobras de refeições. Se colocar muito alimento cozido pode aumentar a quantidade de sal no minhocário, que vai prejudicar as minhocas.

15. Qual o melhor local para posicionar meu minhocário?

O ambiente ideal precisa ser arejado e sem incidência direta de luz solar. Muito calor pode causar fuga de minhocas. No inverno é ideal avaliar se o local tem incidência de ventos, o que vai reduzir ainda mais a temperatura do minhocário.

As minhocas regulam sua temperatura corporal pelo ambiente e são mais ativa no calor.

16. Preciso molhar meu minhocário?

Não pois a água dos alimentos já faz isso.

17. Como saber se a umidade dentro do minhocário está adequada?

Pegue um pouco de composto e aperte na mão. Se saírem algumas gotas de água, a umidade está ideal. Se houver pouca água, uma solução é umedecer o composto. Já se houver muita água, deixe o minhocário sem tampa até que o excesso de água evapore.

18. Qual a frequência para coleta do chorume?

Faça coleta uma vez por semana. Deixar acumular chorume na última caixa pode ocasionar afogamento de minhocas, que geram um odor bastante desagradável.

19. Como posso usar o chorume?

O chorume é um biofertilizante muito eficiente. Basta diluir na proporção de 1 para 10 de água e aplicar nas plantas.

20. Como dimensiono o tamanho das caixas do minhocário?

O tamanho das caixas a serem usadas depende de quanto resíduo você gera. Para saber esse volume, deixe na pia um recipiente com tampa que tenha de 3 a 5 litros. Marque o dia que começou a encher e avalie quanto tempo levou para que o recipiente ficasse completo. Divida o volume do mesmo pelos dias que levou e você terá sua média / dia. Multiplique o resultado por 45 e você terá o volume que precisa para as duas caixas de cima. A última pode ser menor, desde que permita um bom encaixe.

Observação: considero 45 ideal pois é o número de dias que o composto pode levar para ficar pronto no inverno. Lembre-se que quanto mais quente, mais rápido é o processo, mas o minhocário não deve ter incidência direta de sol. Proteger dos ventos e da chuva já minimiza a interferência do tempo.

 Créditos pela imagem: daqui

About The Author

Elaine Maria Costa

Elaine Maria Costa é administradora, coach e permacultora, faz compostagem doméstica desde 2009. Em 2013 mudou-se de uma área urbana para morar numa chácara em Embu das Artes – SP com o objetivo de ter maior qualidade de vida, contato com a natureza e sustentabilidade pessoal.

  • Fábio

    olá, eu comprei umas minhocas mas acho q elas não são california. Tem problema se eu comprar as californias e misturar com as outras? tipo se elas cruzarem? se é q elas cruzam entre especies diferentes….

    • Elaine Maria Costa

      Fabio, só tem problema em misturar se vc tiver intenção de comercializar. De outra forma, a mistura de espécies não afeta a compostagem. Pelo menos nós não tivemos problemas com isso aqui em casa, já que misturamos minhocas de jardim com as californianas.

  • Dania

    Boa tarde,gostaria de saber porque as minhocas do meu minhocario nao crescem?..elas se multiplicaram mas ficaram piquenas e finas…meu criadouro e em uma caixa de agua de 100 litos e coberta,a caixa e de amianto e fica debaixo de um pe de chuchu,ja a tenho a 4 meses…ja coloquei dois pacotes de humus que comprei mas nada de minhocas medias ou grandes..me ajude por favor…obrigada.

    • Elaine Maria Costa

      Vc usou apenas humus ou colocou uma matriz na caixa? A matriz, que é uma quantidade boa de minhocas, é muito interessante pois já tem minhocas adultas em fase de reprodução. Também é importante acertar na temperatura e na umidade da caixa pois são fatores que criam um ambiente bastante hostil. Para vc ter uma idéia, aqui na chácara estamos a um ano “brigando” com as caixas das composteiras. Uma hora está muito quente. Outra, muito úmido. Tem uns dois meses que acertamos o local e, mesmo assim, o crescimento delas está fraco. E olha que o meu marido foi numa parte do terreno que está bem adubado, cavoucou e trouxe um punhado de minhocas grandes. Infelizmente, não é uma ciência exata. Abraços.

  • maicon

    Ola coloquei grama seca..suspeito que apareceram formigas dai. Tb tem as “mosquinhas”. Pode ficar aa formigas ou prejudica o processo?

  • maicon

    Ola coloquei grama seca..suspeito que apareceram formigas dai. Tb tem as mosquinhas”

  • I’m not that much of a online reader to be honest but your
    sites really nice, keep it up! I’ll go ahead and bookmark your website to
    come back in the future. All the best

    my web-site :: injustice gods among us xbox 360

  • Priscila Silva

    Bom dia,
    já é a segunda vez que faço um minhocário, mas tem uma coisa estranha que acontece pela segunda vez: minhas minhocas morrem secas, porque será que isso acontece?

    Obrigada.

  • Aurélio

    Olá Elaine,
    Comecei meu minhocário já fazem 20 dias e ele não produziu chorume na terceira caixa, isso é normal? Além dos restos vegatais aceitos pelas minhocas, coloco a matéria seca de galhos e folhas triturados, e as vezes um pouco de esterco curtido e grama seca na proporção de 1 molhado para dois seco, mas até agora não tenho chorume acumulado na terceira caixa. Isso é normal? Pode ser pelo fato de eu não colocar restos de comida somente, cascas de alimentos crus e alimentos crus deteriorados? obrigado por sua atenção e boa vontade!

  • regina sales

    fiz uma composteira usando 3 balde de margarina , tudo como vi na internet. o primeiro Humus ficou pronto , parece estar tudo certo . tem cheiro de terra molhada , esta soltinho sem sujar a a mao , porem estou com receio de usa=lo , porque percebi umas larvas gordas , com uns 3 cm , todas mortas e secas . também uns bichinhos pequeninos parecendo baratinhas com asas , alguns até voaram quando coloquei ele no sol para secar . peço a gentileza de me informar se isto é normal e que bichos são estes

  • josael

    Olá bom dia, quero fazer uma compostagem no patio da escola, mas não sei com que frequência devo molhar.Me ajude tire esta duvida.Agradeço

  • terezinha

    Olá,estou com problema com a minha composteira, está aparecendo minusculos bichinhos aos milhares que tomam toda a parte interna da composteira, fiz tudo conforme informado usei somente cascas de verduras e legumes e algumas frutas estragadas e sempre cubro com folhas secas ou serragem, ou grama seca, e a primeira caixa deu tudo certo, e na segunda estou com esse problema o que fazer para eliminar esses bichinhos indesejáveis que se multiplicam rapidamente,

    • Dayane

      Olá Terezinha! Estou com o mesmo problema!! Achou solução?? Obrigada!

  • Sílvia

    Olá, parabéns pelo site! Obrigada por manter tanta informação útil ao alcance de todos!

    Tenho um minhocário há poucos meses, em apartamento. Por enquanto tudo vai bem, mas ainda tenho algumas dúvidas… Na verdade, acho que são várias dúvidas!

    Pode colocar restos de gengibre? às vezes faço chá de gengibre e sobram alguns pedacinhos.

    Pode colocar clara/gema de ovo? acabei comprando alguns ovos que vieram com a casca trincada e que por isso não serão consumidos.

    O que posso usar como matéria seca para cobrir os resíduos além da serragem? Não encontro serragem com facilidade e tenho usado guardanapos picados, papelão destrinchado e picado e folhas secas.

    Você tem alguma ideia de que fazer com as cascas de laranja e limão?

    Ouvi dizer que as folhas das plantas podem ter pragas e doenças, e que elas poderiam contaminar o húmus e o chorume. Isso é verdade? Se for, tem alguma forma de “descontaminar” esse material para usar no minhocário?

    Por fim, posso confirmar que a borra de café funciona para controlar habitantes indesejados no minhocário. No meu começaram a aparecer drosófilas, provavelmente vindas das cascas de banana, e também uns outros bichinhos miudinhos. Tenho espalhado borra de café sempre que coloco novos resíduos, as drosófilas aos poucos desapareceram e os bichinhos miudinhos diminuíram bastante.

  • Márcia Medeiros

    As minhocas estão sentindo muito o calor que vem fazendo no Rio de Janeiro, apesar de as estar colocando na sombra. Tenho que estar molhando sempre e tive que colocar na caixa coletora humos envolto num pano bem úmido , pois a minhocas estão passando para ela.Já tem um mês e ainda não produziu chorume. Triturei as cascas e armazenei num balde com tampa para ir colocando aos poucos no minhocário, sendo que ficou com cheiro forte porque apodreceu, ficando podre pode colocar no minhocário? Estou achando muito complicado. Já é minha segunda tentativa.

  • Jessica

    Olá, já estou na terceira tentativa e em todas delas ta produzindo tapuru. Não sei mais o que fazer. Kda uma das tentativas eu tentei fazer de um jeito diferente mas em nenhuma deu certo. Coloquei uma parte de terra, outra de alimento, por cima folhagem e terrA, e por cima para não dar cheiro, coloquei pó de café.

  • LuizSilveira

    Tô até com medo de errar pois é tudo em inglês, mas vamos lá. Elaine você é linda, a mulher que minha mãe ficaria radiante de ser sua nora. Mas no momento o que preciso mais é que me tire um dúvida.Comecei ha 2 meses um minhocário. Comecei a comprar minhocas na web. Descobri que neste ramo também tem pilantras. Um comprei 600 minhocas e quando chegaram foram só 35 ele alegou que foi um erro do empregado e até hoje espero as demais. Mas a minha principal dúvida é : Misturei minhocas gigante africanas com vermelha californiana. Um amigo me disse que poderiam nascer híbridos inter-específicos estéreis como os muares. E aí Elaine o que você me diz?? Agora não tem mais como separa-las. Deixo como está para ver como fica ou começo tudo de novo?? Att Luiz..

    • Rivelino Lima

      Primeiramente muito prazer,gostei do seu blog e queria desde já agradecer, pelo excelente trabalho que aqui se dedica. A quase um mês comecei um minhocário, ele é bem pequeno pois moro em apartamento. Parecia indo tudo muito bem, a poucos dias notei uma mudança no comportamento das minhocas, elas estão se jogando na água do ultimo compartimento, e também se acumulando nas paredes acima da terra, também notei uma concentração muito grande,de uma espécie de piolho não consegui identificar o que é na verdade, é bem pequeno e branco. Gostaria de saber se isso ocorreu com você e se atrapalha tanto na compostagem junto as minhocas, e no dia-dia com o manuseio etc ? Agradeço a colaboração, abraço.

      • Elaine Maria Costa

        Rivelino,

        Parabéns por sua iniciativa. Não importa o tamanho, mas sim começar a fazer o que nos é possível. É comum as minhocas cairem no chorume mas você pode evitar que elas morram colocando um pedaço de tijolo no líquido. Assim elas conseguem voltar a escalar a caixa. Elas também costumam se acomodar acima do composto e na tampa, mas se a quantidade é muito grande pode ser que a umidade do composto esteja alta. Alguns bichinhos no minhocário são aceitáveis, mas se a quantidade está muito grande pode ser um associação da umidade com algum dos alimentos e o calor. Uma boa solução é usar borra de café com serragem ou folhas secas sobre o composto. Coloque um pouco a cada dia e observe para ver se a umidade diminui.

        Em geral, quando existe algum desequilíbrio, o problema está na umidade ou na combinação alimento e calor. Os dois casos vc consegue resolver com borra de café e serragem.

        Abraços

    • LuizSilveira

      Ei Elaine vi todos elogiando de alguma forma e fui dizer que você é linda e acho que não gostou e fiquei sem resposta. Então eu retiro o que disse, você é feia, horrível mesma. Agora pode me ajudar com a resposta?

    • Yuri

      Estou com a mesma duvida luiz, sera que pode misturar californiana com africana?

  • Márcia Medeiros

    Olá,
    Há dois meses iniciei um minhocário doméstico. Porém as minhocas desapareceram e o material da compostagem está cheio de uma larvas grandes e escuras. Essas larvas podem ter devorado as minhocas? Além disso deu muitas mosquinhas e larvas brancas miudinhas. O que devo faze? Jogar tudo fora? Não gostaria de desistir, porém receio comprar mais minhocas e tudo se repetir novamente.
    Grata pela atenção.
    Márcia (RJ)

    • Olá, Márcia.

      Parabéns por adotar a compostagem no seu dia a dia. No seu caso, preciso saber que tipos de alimentos mais colocou, quanto de serragem usou e onde a composteira está (se toma sol, chuva, etc). O calor é sempre um perigo para as minhocas pois, dependendo do tipo de resíduo, favorece o aparecimento desses bichos. As caixas que está usando são escuras? Se quiser, mande um email para mim com uma foto do sistema. Assim posso ajudar você a identificar o problema.

      Abraços//

  • Gostaria de saber se posso alimentar as minhocas com raiz de hortaliças orgânica.

  • Katia Steinfeld

    Ola Elaine,
    Montei um minhocario em um gaveteiro de plástico de tres andares, fazendo furinhos na parte de baixo das gavetas.
    No início, coloquei as minhocas na gaveta do meio com um pouco de húmus e lixo em decomposição. Ali, deu tudo certo, o lixo virou húmus e elas se reproduziram bem. Nesse tempo, fui colocando materia organica na gaveta de cima e cobrindo com folhas secas. Contudo, as minhocas nao subiram e larvas brancas se desenvolveram na gaveta de cima. Entao joguei todo o conteudo dela fora e coloquei novo lixo e folhas secas. Tambem completei a segunda gaveta com humus pronto ate a boca, pensando que as minhocas nao tinham conseguido subir pelas paredes da gaveta, e por isso nao tinham ido para o lixo de cima. Porém, de novo, elas nao entraram no lixo e larvas brancas cresceram. Agora joguei todo o conetudo da gaveta de cima de novo e as minhocas estao la, na segunda gaveta cheia de húmus. As minhas duvidas sao:
    -por que elas nao estao subindo da segunda para terceira gaveta?
    -como impedir que as larvas brancas se desenvolvam?
    -as larvas brancas estao fazendo com que elas nao subam?
    -caso elas realmente nao subam, eu poderia simplesmente tirá-las do húmus pronto, usar parte deste, colocá-las novamente no lixo ja em decomposicao com um pouquinho desse humus, e esperar que tudo vire humus de novo né?

    Obrigada pela ajuda!

  • Gabriela Baiardi

    Elaine, boa noite

    Eu li vários posts agora onde você responde perguntas semelhantes a que vou fazer, mas como continuo insegura, vou pedir sua ajuda.
    Montei minha composteira numa caixa grande plástica na cor cinza, daquelas tipo organizadoras. Fiz furos na tampa e no fundo. Fiz uma cama de terra vegetal e lá fui depositando resíduos crus e cobrindo sempre com serragem ou aparas de jardinagem. Como moro em casa e não quis lidar com chorume, a composteira fica direto sobre o solo para ele escoar pro chão. Minha composteira tem uns 40 dias de uso e já encheu. Vinha revirando 1 x por semana, mas depois que encheu eu deixei o material lá sem mexer. Ontem ao abrir me deparei com muitas larvas e um besourão estranho se mexendo. Na minha ainda não tenho minhocas, pois não achei para comprar. Bom, outro fato que vale a pena informar é que minha composteira fica ao ar livre e quando chove entre um pouco de água pelos furos.
    Agora às perguntas! As larvas e o besourão devem ser sufocados? A chuva que entra é prejudicial ao processo? Como eu lido com uns mosquitinhos que vivem dentro da caixa?
    Agradeço antecipadamente!

  • jhon kleyton

    Olá, gostaria de saber se o biofertilizante transformado de esterco bovino por um biodigestor poderá ser usado como alimento e se é um bom alimento para minhocas.. obrigado!

  • Priscilla Dantas

    olá, as moscas de frutas são prejudiciais ao minhocário?

  • ELIZEU

    MEUS CARÍSSIMOS NO ULTIMO COMPARTIMENTO (DO CHORUME) TEM ALGUNS BIGATOS TIPO BIGATOS DE LARANJA É NORMAL;;;SE NÃO FOR OQUE DEVO FAZER GRATO

  • Maristela

    Olá, comprei um minhocario da Morada da Floresta. Ainda não faz uma semana, mas estranhei o fato de haver umidade na tampa e nas laterais e algumas minhocas estarem também nas tampas e laterais. Estou fazendo algo errado? Será que o ambiente não está bom para elas?

  • Solange Melo

    Ola, Elaine parabéns pelo site é muito bom!

    Vc pode mim ajudar
    Comecei a fazer compostagem com minhocas a cerca de 6 meses e o processo esta indo legal. O problema é que esta aparecendo uns bichinhos pretos que parecem uma barata só que em tamanho menor são muito ágeis dentro da terra e são muitos. Esses bichos eles comem as minhocas? o que devo fazer para retira-los?. É alguma coisa de errado que estou fazendo no processo?.

  • Rui Vilela

    Oi. Antes de mais parabéns pelo excelente site. Muito boa informação. Mas tenho uma pergunta.. é possível utilização de lamas de estação de tratamentos de agua no minhocário?

  • GILSON

    Eliane, bom dia!

    Meu minhocário deu mau cheiro, e ficou uma massa densa escura na caixa de cima. quando fui ver a caixa de baixo estavam todas mortas na superficie…

    Gostaria de saber o que deu errado?

    Gilson Medeiros….

  • Thiago

    Olá, excelenete(s) artigo(s), Elaine. Obrigado.

    Tenho uma dúvida: fiz meu minhocário e após uns 3 meses de uso comecei a notar um desaparecimento das minhocas e um aumento na população de larvas (umas larvas pequenas brancas)que presumo serem de mosquito. Estou preocupado com meu minhocário e não sei exatamente o que fazer para eliminar essas larvas. Pode me ajudar, por favor? Será que o fato de eu não ter sempre coberto 100% os detritos com serragem foi o fator para essa proliferação das larvas?

    E, caso não tenha com eliminar as larvas, o que é aconselhável fazer? Deixar o minhocario sem uso por um tempo para poder recomeçar o processo um dia fazendo direitinho (cobrindo sempre e completamente os detritos que colocamos lá dentro com materia seca)?

    Muito obrigado e parabéns novamente,

    Thiago

  • Luana Gabriela

    Olá, estou fazendo um relatório de ciências na escola sobre o minhocário e precisava saber quantos metros de profundidade precisa ter no minhocário, você poderia me responder?

    GRATA Luana (:

  • oque eu faço para achar minhocas?

  • Sérgio Alves

    Oi Elaine
    Gostaria de saber se a mobilidade das minhocas interfere no consumo de alimento.Quanto mais ativa maior é o consumo ou é indiferente?

  • Stênio Falcão

    Elaine,

    Parabéns pelo blog. Tenho aprendido muito com suas postagens.
    Estou com dúvidas quanto a quantidade de minhocas para iniciar com o meu sistema de compostagem domestica em caixas com Volume de 64 Litros. Moro em Fortaleza-CE e encontrei para vender as vermelhas da califórnia, mas só são vendidas em quantidade mínima de 1Kg. Isto é muito ou pouco para iniciar a compostagem? Outra dúvida é de como produzir o composto inicial para a cama das minhocas. O que leva? E quanto tempo deixo compostar? Composto orgânico comercial pode ser utilizado?

  • Elaine, parabéns pelo site. É o lugar onde consegui melhores informações sobre minhocário.

    Estou no início da minha minhocultura – tenho as caixas e já tirei uma porção de húmus, mas não estava muito bom.

    Percebi que estava extremamente úmido e com cheiro de podre, embora as minhocas se multiplicaram.

    Entrei em contato com uma minhocultora, e ela disse para eu não utilizar como material seco a grama, pois ela também se decompõe e cria umidade.

    Comecei a colocar jornal, o que melhorou bastante a umidade. Eu pico bastante as folhas de jornal e coloco junto com o alimento orgânico, misturando bem – está certo? Ou devo colocar somente por cima para não aparecer mosquinhas?

  • Anderson

    Ola me ajuda.
    Fiz um horta em casa, cavei um buraco de 1 mt/2 e coloquei aquelas telas escuras utilizadas para tampar um pouco o sol cercando o fundo e as paredes do buraco deixando uns 20cm para fora para nao deixar as minhocas fugirem, entao enchi de terra misturado com bastante material organico(pequenos gravetos folhas secas etc..), plantei abobora e jiló e as plantas ja estao com 5 cm de altura, por cima do cercadinho fiz uma cobertura e coloquei a tela de escurecimento é mesma colocada dentro do buraco para que a terra nao fique muito aquecida com o sol direto, minha pergunta é a seguinte // Sera que as minhocas nao irao comer as raizes ou as sementes das minhas plantas ?? // Sera que as minhocas irao sobreviver a este tipo de viveiro ?? // caso as minhocas nao comam as minhas plantas e sobrevivam ao viveiro minhas plantas terao algum beneficio com as minhocas ?? // Teria alguma dica para me dar caso isso que fiz seja benefico para minhas plantas?? // desculpe as perguntas parecem meio ignorantes…. (Isso tudo ainda vou fazer é apenas um projeto).

    • Elaine Costa

      Oi, Anderson.

      No começo é assim mesmo. A verdade é que, quando se trata da Mãe Natureza, estamos sempre aprendendo.

      Sobre a horta, não se preocupe com as sementes. As minhocas só vão comer se elas não brotarem. É um sistema bem equilibrado. As minhocas fornecem adubo e afofam a terra enquanto as plantas oferecem o alimento e a sombra.

      O viveiro está bom. O sombrite resolve bem o problema do aquecimento. Mas não se esqueça da umidade. Se o local não for bem drenado elas vão fugir para um lugar seco. Tem uma leitora, não lembro em qual post, que teve esse problema com as minhocas. Elas começaram a aparecer aos montes no quintal porque o canteiro ficou muito molhado. Por isso, fique de olho na umidade.

      Abraços//

      Elaine

  • Janete Mendes

    Eu ja tenho minhocário a uns 8 meses,e agora venho tendo problemas com uma espécie de baratas, elas estão se reproduzindo dentro do minhocário, oque srá que estou fazendo errado desta vez. obrigada

  • Jorge

    olá! Parabens pelo seu site, muito útil. Estou com o seguinte problema: fizemos em casa um minhocario e colocamos 250 minhocas vermelhas californianas (compradas) e acumulamos residuos por tres semanas. Ao passar a caixa de cima para o meio notamos que as minhocaas quase tinham desaparecido e havia um grande número de larvas brancas de 15 a 20 mm de comprimento, muito ativas. É normal isso acontecer? ou estamos fazendo algo errado? Obrigado desde jà!

    • Elaine Costa

      Oi, Jorge.

      Vcs estão colocando serragem ou folhas secas? Pode ser umidade ou excesso de resíduos cozidos. Vcs precisam acabar com as larvas. Para isso, a melhor técnica é sufocá-las com terra. Isso não prejudica as minhocas restantes, mas acaba com as larvas.

      Verifique a drenagem das caixas para se certificar que não tem líquido acumulando onde não deveria.

      Abraços//

  • Fernando

    Quero montar um minhocario com um gaveteriro de plastico preto de 3 andares, estou com dúvidas no que colocar dentro.
    O que coloco na 1a gaveta? Na 2a gaveta? Na 3a gaveta?
    Muito obrigado e parabéns pelo site.
    Abraços
    Fernando

    • Elaine Costa

      Oi, Fernando.

      Dê uma olhada nesse post com as instruções para montar um minhocário. Qualquer dúvida, estou à disposição.

      Abraços//

      Elaine

      • celso

        ola elaine eu fiz um minhocario com uma caixa só coloquei algumas minhocas pequenas que eu tinha no quintal e comprei umas maiores e coloquei a terra esta úmida coloquei casca de banana casca de ovo borra de cafe e um pouco de esterco de boi. e algumas se enterraram
        outras ficaram na superfície isso é normal aguardo sua resposta e gostaria que mandasse no meu email um super abraço

  • Julia

    Olá
    eu e meu companheiro iniciamos um minhocário em casa para tentar diminuir a quantidade de resíduo orgânico e produzir nosso próprio humus.
    Fizemos naqueles gaveteiros de plástico. Tinha ouvido falar que deve-se iniciar com uma composteira porque as minhocas não vão suportar o calor do inicio da compostagem. por enquanto estamos nessa etapa. Estava indo tudo bem. Estava sem cheiro e a comida estava decompondo.
    O problema é que começou a dar umas larvas grandes, muitas muitas delas. Dei uma olhada em outros posts e vi que você fala para botar bastante terra para “sufoca-las”. Vamos fazer isso. Nõ colocamos comida cozida. Será que é excesso de umidade? Podemos colocar as minhocas com essas larvas? Tem uns bichinhos bem pequenininhos que caminham rapido. São alguma especie de formiga minúscula ou s˜åo normais em composteiras e minhocários?

    Agradeço de antemão pela ajuda
    (que já foi dada só fuçando o blog…rsrs)

    • Elaine Costa

      Julia,

      Pode ser a umidade. Ainda hoje acontece de termos esse problema quando o tempo fica muito frio. O processo de desomposição fica mais lento e os resíduos mais úmidos. O jeito é colocar mais serragem para evitar a umidade.

      Sobre os bichinhos, sei exatamente do que está falando (mas não lembro o nome rss). O que resolve com eles é óleo de critonela com água (borrifar na tampa e outros locais onde tem bichos) e lavar a tampa e cas caixas do minhocário sempre que possível. Isso ameniza, mas não resolve. Afinal, o minhocário e um sistema vivo e esses bichinhos podem ser considerados parte do processo.

      Abraços//

      Elaine

  • ANDREA

    OLA. NAO ENTENDI MUITO BEM O PROCESSO QUE USA A PENEIRA PARA SEPARAR AS MINHOCAS. PODERIA ME DIZER, POR FAVOR, QUAL O NUMERO DA PENEIRA IDEAL E COMO USAR, PASSO-A-PASSO?

    GRATA,

    • Elaine Costa

      Andrea, a peneira realmente dá muito trabalho. Para facilitar, sugiro que use o método da isca. É o seguinte: coloque o húmus num recipiente maior do que a caixa. Pode ser uma bacia, por exemplo. Pegue um saco de lixo grosso e preto, faça um furo no meio (ou mais se a bacia for grande) e coloque restos de alimento sobre o saco, que deve ser colocado sobre o húmus. As minhocas que sobraram no húmus vão seguir para esses resíduos. Uma semana é o suficiente para tirar o saco e usar o húmus. Só lembre de manter tudo bem coberto e longe do sol ou calor.

  • José Donatto

    Elaine, parabéns pelo magnífico trabalho.
    Tenho mil perguntas, mas vou começar com uma só.
    Você nos informou que “base para começar um minhocário é 1.000 minhocas por m2”.

    Porque a profundidade não entra como critério? Qual seria a profundidade máxima recomendada?

    Parece que foram duas perguntas, desculpe…

    • Elaine Costa

      José,

      A profundidade não entra na conta pois as minhocas vão sempre se multiplicar e se adequar ao espaço disponível. Não é uma ciência exata, mas o que observei em livros específicos sobre o assunto é a recomendação de trabalhar com até 1 metro de profundidade, isso no caso de minhocários em valas. O ideal mesmo é usar as caixas. A manutenção e o uso é muito mais simples.

  • Sergio Bessa

    Olá.Porque a cor das cxs tem que ser escuras?

    • Elaine Costa

      Sergio,

      As caixas escuras ajudam a manter o ambiente agradável para as minhocas, já que elas se incomodam muito com a luz solar.

      Abraços//

  • adriano

    olá.
    sou iniciante no assunto. procuro uma forma de reduzir meu lixo organico pelo metodo da compostagem. voce acha melhor eu comprar um minhocario ou uma caixa de compostagem? qual a diferença? vi estes dois tipos vendendo na internet e fiquei na duvida.

  • Pingback: Cinco dicas para cuidar do seu minhocário no verão | Mais Com Menos: vida simples e prosperidade sustentável()

  • Rodrigo

    Olá!

    Gostaria de saber onde posso conseguir minhocas para comprar e montar o minhocário??

    Parabéns pelo site!!

    Rodrigo

    • Elaine Costa

      Olá, Rodrigo.

      Vc encontra minhocas para vender em casas de ração e pescaria. Outra forma é procurar lojas de jardinagem que comercializem húmus fresco e de boa procedência (sempre contém uma boa quantidade de ovos). Também sugiro entrar em contato com o pessoal da Morada da Floresta. Eles trabalham com a vermelha da califórnia e acredito que ainda vendam, além de oferecerem o minhocário já pronto.

      Abraços//

  • FÁTIMA

    bom dia…
    tenho um minhocario ha 40 dias e as minhocas ja se reproduziram bastante… calculo que tenha umas 420 minhocas em uma unica caixa… gostaria de ter uma ideia de quantas minhocas podem viver em boas condiçoes em uma caixa tipo minhocasa…
    obrigada
    Fátima Barros

    • Elaine Costa

      Fátima,

      A conta que uso como base para começar um minhocário é 1.000 minhocas por m2. Assim, faço a proporção pelo tamanho das caixas. Mas vc pode ficar tranquila em relação ao assunto. As minhocas são seres que se adaptam tanto à condição do espaço oferecido, como em relação à quantidade de resíduos colocados. Ou seja, elas encontram e mantém um ponto de equilíbrio de forma instintiva.

      Só tome cuidado com a umidade e o calor do ambiente. Esses são os aspectos que mais constumam dar problemas no minhocário.

      Abraços//

  • Paula de Jesus

    Boa noite!Gostaria de montar um minhocario em minha casa,mas na minha região não tenho acesso a esterco de animais.Posso fazer a compostagem sem o esterco???Obrigada!

    • Elaine Costa

      Paula,

      Pode sim. Vc vai usar apenas resíduos de alimentos, folhas e serragem. O esterco é apenas uma complemento, não sendo obrigatório na compostagem doméstica.

      Abraços//

  • altair

    o húmus tem necessidade de sofrer algum tipo de tratamento(como o que acontece com o esterco bovino por ex.)ou assim que retirado das caixas já pode ser colocado nas plantas. E em que proporções é indicado o seu uso na terra.

  • altair

    vi uma reportagem que dizia que o chorume, deve ser despejado novamente sobre a compostagem por mais duas vezes, para depois ser aplicado nas plantas como biofertilizante. Isso é mesmo necessário.

    • Elaine Costa

      Altair,

      Você pode fazer esse processo também, mas não chega a ser necessário. O húmus que sai da primeira vez já é bastante concentrado. Afinal, é o líquido gerado pelos resíduos que colocamos.

      Recolocar o chorume pode ser um problema pois aumenta a umidade do minhocário, o que não é necessário normalmente. Nós usamos sem passar uma segunda vez e ele dá excelente resultados.

      Obrigada por participar e estou à disposição para esclarecer outras dúvidas suas.

  • altair

    até quanto tempo o humus pode ser estocado, sem perder suas qualidades. E em que condições ele deve ser armazenado.

    • Elaine Costa

      Altair,

      O húmus precisa ser usado em até 6 meses para não perder a validade. A melhor forma de estocar é secá-lo e depois armazenar em sacos ou embalagens com boa vedação em local fresco e à sombra. Para secá-lo, espalhe numa bacia ou lona e deixe alguns dias, mexendo um pouco a cada dia. Para remover as minhocas que estiverem no húmus vc pode coletá-las uma-a-uma ou usar um sistema chamado de isca, o que é basicamente deixar resíduos de alimentos bem protegidos da luz próximos ao húmus que se queira secar. Elas vão sair pois estão sempre em busca dos resíduos frescos.

  • altair

    porque o humus encontrado em lojas especializadas, em geral tem coloração preta escuro, e o que eu produzo esta de cor castanho.

    • Elaine Costa

      Altair,

      A coloração do húmus varia um pouco em relação ao que colocamos para compostar. O composto que tiramos dos nossos minhocários costuma sair bem escuro, misturado apenas com a serragem, que demora mais a ser compostada. Geralmente colocamos cascas de maracujá, pepino, borra de café, restos de chás, um pouco de comida cozida e alguma coisa que estraga na geladeira às vezes. Provavelmente, a borra de café é quem ajuda na coloração.

      Outra aspecto é que grande parte dos compostos produzidos em maior escala usar esterco na compostagem, o que favorece a coloração para o preto.

  • Olá

    Vim agradecer seu voto e por sua confiança, deixei mais um voto para vc. Obrigada.

    Bjo

  • Olá

    Eu sou a Kinha do blog AMIGA DA MODA e também estou concorrendo ao prêmio TopBlog, na categoria VARIEDADES. Vim fazer uma proposta: “UM VOTO POR UM VOTO”. Eu voto em seu blog e vc no meu. Que tal a proposta?
    Gostei do se blog e estou te seguindo. Se gostar do meu, me siga também.
    Vou aguardar a sua visita.

    http://amigadamoda.blogspot.com

    Bjo