Assuma a responsabilidade

businnes plan

Num mundo onde várias empresas ainda são compostas por mais chefes do que líderes, é inevitável que muitas pessoas percebam o trabalho como um meio de “ganhar a vida”, um mal necessário. Essa percepção cria, sem sombra de dúvidas, a expectativa de que vida só existe fora do trabalho. E, assim, embora dediquemos uma grande parte do tempo a ele, vivemos o dia-a-dia apenas como uma obrigação para financiar o “lá fora”.

Isso não é bom pois, ao fazermos algo que não apreciamos, o stress se torna inevitável.  Quando nossos objetivos em relação ao trabalho são apenas financeiros, corremos o risco de nos focar nas tarefas relacionadas à nossa rotina. Assim, perdemos a oportunidade de desenvolver a visão do todo em que a organização está inserida. E quando mudanças ocorrem – e elas sempre ocorrem – ficamos surpresos e sem reação. Não estávamos preparados para elas, o que torna a dor da mudança inevitável.

Mas como dizem por aí, a dor faz parte da vida. Já o sofrimento, é opcional. Estar preparado para as mudanças significa entender que nossa a vida e a nossa carreira, nos pertence. Esperar que os outros – chefe, empresa, família – assumam a responsabilidade por ela é um erro.

Por essa razão, precisamos ter nossos objetivos bem definidos, por escrito, com prazo e ações determinadas. Também precisamos olhar para o mercado, acompanhar o que está acontecendo e fazer os ajustes necessários em nossos planos.

As pessoas de sucesso sempre sabem onde querem chegar. Elas praticam o autoconhecimento, estão cientes de suas forças e fraquezas pessoais e as usam como aliadas. Também sabem claramente qual é sua missão, determinam seus objetivos e trabalham firmemente para alcançá-los.

“Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um efeito, mas um hábito” – Aristóteles

Quais hábitos você tem estabelecido na sua vida? Quais hábitos quer manter? Quais hábitos precisa eliminar para ser quem você quer ser? Você pode mudar a sua vida! Só precisa começar… e um processo de Coaching pode ajudar. Para saber mais clique aqui.

A imagem é cortesia é KROMKRATHOG no Freedigitalphotos.net

About The Author

Elaine Maria Costa

Elaine Maria Costa é administradora, coach e permacultora, faz compostagem doméstica desde 2009. Em 2013 mudou-se de uma área urbana para morar numa chácara em Embu das Artes – SP com o objetivo de ter maior qualidade de vida, contato com a natureza e sustentabilidade pessoal.