Cinco dicas para cuidar do seu minhocário no verão

Verão é a estação que muita gente adora. Afinal, é sinônimo de sol, calor, praia, férias, etc. É uma delícia para quem espera viajar e, mesmo para quem vai trabalhar a estação toda (meu caso), o acordar com um sol maravilhoso é uma motivação extra.

Mas esse calor todo não é muito bom para nossos bichinhos, e pior ainda para as minhocas. Embora a produtividade do minhocário fique em alta, o equilíbrio dos fatores é fundamental para garantir a saúde do minhocário. Assim, veja as dicas abaixo do que fazer para manter seu minhocário em plena atividade e sem problemas:

1. Não deixe o minhocário em local com incidência direta do sol. Prefira um local à sombra para que não haja um excessivo aquecimento do ambiente.

2. Embora o calor ajude na evaporação de líquidos, não deixe a composteira onde possa haver água sobre ela. Como já comentado aqui, o excesso de água deixa o composto úmido e sem aeração, isto é, se torna como um lamaçal e as minhocas morrem afogadas.

3. Como você tem usado o chorume? Como ocorre maior evaporação nessa época, é importante retirar o chorume semanalmente. O excesso de evaporação também deixa o composto muito úmido e dificulta a compostagem. A umidade dos alimentos inseridos no minhocário já é suficiente para manter o composto com a umidade correta.

4. Cubra bem os alimentos com a serragem. Isso ajuda a controlar o excesso de mosquinhas na composteira. O ideal é não deixar brechas por onde elas possam passar. Você pode usar também algumas gotas de óleo de citronela dissolvida em água. Coloque num recipiente com spray e aplique sobre o composto e na tampa. Isso também espanta as mosquinhas é não faz mal para as minhocas. Atenção para as cascas de banana. Elas naturalmente tem essas mosquinhas e, por isso, precisam ser muito bem cobertas.

5. Coloque o mínimo possível de alimentos cozidos. Como está calor, a decomposição desses itens é mais rápida e pode dar mal cheiro. Se a sua casa gera muitos resíduos de alimentos cozidos, veja aqui algumas dicas para agir sobre o problema.

Lembre-se de lavar as caixas de composto sempre que separar o húmus. Lave também a caixa do chorume. Isso diminui o problema com as mosquinhas e evita o aparecimento de outros bichos.

Image: dan / FreeDigitalPhotos.net

About The Author

Elaine Maria Costa

Elaine Maria Costa é administradora, coach e permacultora, faz compostagem doméstica desde 2009. Em 2013 mudou-se de uma área urbana para morar numa chácara em Embu das Artes – SP com o objetivo de ter maior qualidade de vida, contato com a natureza e sustentabilidade pessoal.

  • Pingback: Cinco passos para fazer compostagem doméstica | Mais Com Menos: Vida Simples e Prosperidade Sustentável()

  • Maria Helena

    boa tarde!
    Li hoje em um site que o papel celofane poderia ser colocado na compostagem por ser biodegradável. A informação procede? o celofane de embalagens pode ser colocado na composteira doméstica?

    obrigada

    • Elaine Costa

      Oi, Maria Helena.

      Essa eu não sabia, mas o celofane pode ser compostado pois é biodegradável. Mas sugiro que não coloque no minhocário já que esse papel tem um corante que pode prejudicar as minhocas. Vc pode fazer um teste se o papel for branco ou transparente. Mas acho que no caso de outras cores o ideal é colocar em algum vaso.

      Abraços//

      Elaine

  • ANDREA

    OI. VI EM ALGUNS ARTIGOS, SOBRE MINHOCARIO, QUE PODERIAMOS BORRIFAR UM POUCO DE AGUA COM ALGUMAS GOTAS DE OLEO DE CITRONELA, PARA AFASTAR MOSQUITINHOS. ISSO PROCEDE? NAO VAI AFETAR AS MINHOCAS?

    ABRAÇO

    • Elaine Costa

      Oi, Andrea. O óleo de citronela é o mais indicado, junto com o uso de borra de café e óleo de neem. Nenhum desses afetam as minhocas.

      Abraços//