Minhocário doméstico – versão 2.0

| 12 de janeiro de 2010 | 108 Comments

Depois de um ano fazendo uso intensivo do minhocário doméstico, percebi que o modelo que usei inicialmente (do livro Soluções Sustentáveis – Permacultura Urbana) não funciona tão bem para sistemas em caixas, e sim para composteiras em tambores (com um único compartimento). Dessa forma, com o objetivo de ajudar aqueles que desejam montar o seu próprio minhocário, segue o modelo que passei a adotar a alguns meses:

Como fazer um minhocário doméstico – versão 2.0

Você vai precisar de:

  • Três caixas em cor escura, tipo container, que possam ser empilhadas sem o apoio das tampas e uma tampa;
  • Torneirinha de bebedouro;
  • Uma furadeira com broca de 4 ou 5 milímetros (ou outra técnica para fazer furos em plástico)
  • Minhocas (para saber mais sobre as espécies de minhocas leia Espécies de minhocas: diferenças básicas);
  • Substrato (inicialmente um saco de 20Kg);
  • Jornal sem cor ou serragem;
  • Restos de comida.

Minhocario

Conforme figura acima, faça de 10 a 15 furos no fundo das caixas 1 e 2 com a broca tamanho 5 e alguns furos na tampa com a broca tamanho 4. Corte a lateral da caixa 3 e fixe a torneirinha (use silicone para vedar a torneira).

Coloque uns cinco dedos de terra na caixa 1 e as minhocas (para saber com quantas minhocas começar leia Com quantas minhocas eu começo?). Deixe um ou dois dias antes de colocar os restos de comida, acrescentando uma camada fina de terra, serragem ou jornais sem cor. Quando a caixa 1 estiver cheia, passe-a para baixo e deixe compostar, colocando a terra e os restos de alimento na caixa 2. Depois de 45 dias o húmus estará pronto para uso.

Mas se desejar adquirir um minhocário pronto para uso, conheça os modelos disponíveis na loja da Morada da Floresta.


Sobre:  Elaine Maria Costa é Administradora, especialista em Administração Industrial, Coach certificada pelo Instituto Brasileiro de Coach - IBC e tem formação em Desing em Permacultura pelo IPEMA. Trabalha mais de oito anos com Gestão de Pessoas, Clima Organizacional e Sistemas de Gestão para Qualidade, Meio ambiente, Saúde e Segurança. Faz compostagem doméstica a mais de cinco anos. Atualmente é moradora de Embu das Artes - SP.


Share
Tags: , , , , , , , ,

Tags: , , , , , , , ,

Category: Compostagem Doméstica

Comments (108)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1.  Me resulta que has escrito sobre el tema sin saber demasiado sobr el mismo.
    Dees informarte de mejor manera.

    Hecha un ojo y puedes navega por mi homepage:
    ayudas minectaft

  2. Eduardo disse:

    Oi Eliane,

    Sobre a carne li em algumas matérias que não se deve colocar, já outros falam que pode em pequena quantidade, estou em dúvidade de como descartar as carnes, pois colocar no lixo doméstico é pedir pra meu gatos ou o cachorros de rua rasgar os sacos na lixeira.
    Penso que se eu triturar a carne no liquidificador seria melhor para decompor.

    Outra questão é sobre triturar tudo antes de colocar no minhocário, será que acelerar o processo de decomposição?

    Abraço

    Eduardo

  3. Ana Critina Labory disse:

    Olá Elaine,
    Estava procurando uma solução pra a multiplicação desenfreada de larvas no meu minhocario, quando entrei no seu blog e li que muita umidade contribui para o problema, como no relato da Jun, so coloco hortaliças e cascas de. Frutas e legumes, sementes trituradas que serviram para fazer leite de sementes germinadas, o que observei e que quando ponho mais cascas as larvas aparecem mais, notei que estava bem úmido… ontem levei um susto! De tantas larvas e minhas minhocas sumiram… como era noite, não deupra ver se estavam mais no fundo do balde, ou fugiram pra caixa de baixo. Que eu faço? Tiro tudo? Ou so ponho terra? Estavamos colocando cinzas também pra tentar controlar. Afffeee! Grata Ana Cris

  4. Tiago Reis Conceicao disse:

    Como eliminar as larvas de mosca do meu minhocario

  5. Claudio Koentopp disse:

    Bom dia, onde encontro para comprar um minhocario, e como devo proceder.

    fico no aguardo e agradeço.

    aat. Claudio.

  6. Isadora Pinto disse:

    Na tampa da caixa eu botei 40 furos mais ou menos desse tamanho: O;
    E na caixa eu botei 59 furos do mesmo tamanho que o outro;
    A minha caixa é branca;
    Assim pode?

  7. Isadora Pinto disse:

    Eu ganhei uma minhoca gravida, mas eu n tenho um minhocario entao eu improvisei botando 2 caixas de sorvete com furos, a 1 para ficar a minhoca e o lixo organico e a 2 para o xixi da minhoca. Vai dar certo? E posso botar a casca da laranja e limao? Oque eu posso botar como de lixo organico?

  8. GILBERTO disse:

    COMO SABER Q QUANTIDADE DE RESÍDUOS QUE COLOCO POR DIA. MINHAS 3 CAIXAS TEM CADA UMA 63X23X35?

    • Elaine Costa disse:

      Gilberto, como uma das caixas deve ser para o chorume, considere uma caixa para cada mês. Pegue o volume que a caixa comporta (isso deve estar na parte de baixo dela) e divida por 30. Esse é o volume médio diário.

      Uma dica é: adote um lixinho de pia para colocar os resíduos antes de lançar na composteira. Isso evita que alguns resíduos se percam pela correria do dia a dia e facilita para vc calcular o quanto de resíduos está gerando.

      Abraços//

  9. Jun Kamiya disse:

    Estou gostando muito do blog. Parabéns.
    Acabei de fazer o meu minhocário 2.0 em casa.

    Utilizei as minhocas californianas e comprei numa casa de pesca (iscas vivas). Para as caixas eu comprei 3 caixas marrons (mais baratas) da Marfinite, custou uns 40 reais cada e uns 10 reais a tampa. Ví numa palestra que usaram baldes que vendem cloro, etc..( pode ser encontrado em clubes, construções entre outros)

    Bom, minha duvida é a seguinte.

    Não encontro em lugar nenhum como de fato começar o minhocário. Coloco folha secas embaixo? Jogo terra ou húmus? Quanto? As minhocas morrem com facilidade?

    Eu comecei assim: coloquei as minhocas com terra, cobri com uns 2 ou 3 dedos de húmus e comecei jogar o lixo e a folha seca. Mas fiquei curioso e revirei dias depois para ver se as minhocas estavam vivas. Agora não sei se estraguei tudo.

    Obrigado.

    • Elaine Costa disse:

      Jun,

      Está certinho o que vc fez. Uns três dedos de substrato é suficiente para começar. Agora só vá com calma com os resíduos. No começo precisamos colocar metade da capacidade do minhocário. Para saber qual a capacidade diária, divida a capacidade da caixa por 30. Agora coloque apenas metade desse volume no começo. A caixa vai demorar mais para ficar cheia. Esse é o tempo que as minhocas precisam para se adaptar e multiplicar. Depois, quando a caixa estiver cheia, basta colocá-la para baixo e colocar os resíduos novos na caixa de cima. Elas vão naturalmente passar de uma caixa para outra.

      Abraços//

      • Jun Kamiya disse:

        Oi Elaine.

        Após alguns meses, voltei com mais dúvidas.
        Durante o verão algumas minhocas fugiram, mas acredito que era por causa do calor.

        Já produzi bastante chorume e húmus. A caixa do meio abaixou bastante o volume enquanto eu coloco lixo orgânico na de cima.

        Vez ou outra eu dou uma mexida na caixa do meio para ver se aumentou a quantidade de minhocas. Mas tenho dificuldade de encontrá-las, apesar de sempre encontrar filhotes de minhocas nos cantinhos das caixas.

        Tenho dúvida se elas se escondem, se elas morreram, ou se é normal não encontrar tantas minhocas.

        Agora tenho encontrado bastante larvas de lixo e aquelas mosquinhas de “banheiro”. Parece que é impossível de eliminá-las também.

        Obrigado,

        Abraços

        • Elaine Costa disse:

          Oi, Jun.

          Como está a umidade das caixas? Se tem larvas, tem algum problema na umidade ou na qualidade dos resíduos. Alimentos cozidos costumam dar esses problemas.

          A quantidade de minhocas quando mexemos costuma ser grande na caixa com os resíduos novos e menor na medida que os resíduos são compostados. Mesmo assim, sugiro que tente aumentar a quantidade de serragem ou folhas secas toda vez que colocar os resíduos.

          Se ainda estiver com problemas com as larvas, coloque terra para sufocá-las. Elas são prejudiciais ao minhocário.

          Abraços//

          Elaine

          • Jun Kamiya disse:

            Acredito que o minhocário está um pouco úmido então.

            Nunca coloquei alimentos cozidos, nem carnes ou derivados de leite. Só coloco cascas e restos de frutas e legumes ainda crús.
            Também pode ser que algum desavisado de casa possa ter colocado.

            Vou aumentar a quantidade de folha seca, jogar um pouco de terra para matar as larvinhas e quando for fazer a primeira retirada de húmus vou verificar a quantidade de minhocas. Se houverem poucas minhocas vou comprar mais.

            E as “mosquinhas de banheiro” sabe se tem alguma forma de eliminá-las?

            Obrigado,

            Abraços,

            Jun

          • Jun Kamiya disse:

            Elaine,

            Agora estou conseguindo controlar o minhocário.

            Comprei minhocas novas e agora estou colocando todos os alimentos picadinhos e uma boa quantidade de papel e/ou folhas secas.

            Não coloco mais nada carregado de umidade (como: borra de café úmida, saquinhos de chá) sempre coloco ao sol ou espremo para sair a água.

            Dei uma mexida para ver a evolução das minhocas e estão “felizes”. Sempre encontro minhocas e não tive mais FUGAS.

            Obrigado e um abraço.

Leave a Reply

Switch to our mobile site