Primavera – momento de plantar

primavera O início da Primavera, estação das flores, também marca o início do equinócio, quando os dias e as noites tem igual duração. Para as religiões pagãs, o início da primavera é recebido com o ritual de Ostara, no qual celebra-se o despertar da Terra, quando é época de plantar sementes tanto na terra quanto na vida (fonte: Wikipédia).

Nada melhor do que aproveitar a força dessa estação fantástica para dar início àquele projeto que ficou parado por algum motivo, àquela atividade que você tem deixado em espera, ou mesmo para montar/renovar sua horta/canteiro. Por isso, o Mais Com Menos trará uma série de quatro artigos, em comemoração à primavera, que o ajudarão a melhorar seu contato com a natureza por meio de hortas, canteiros e vasos.

Neste primeiro artigo vou “preparar a terra” esclarecendo algumas dúvidas sobre os minhocários, que são ótimos tanto para reduzir o lixo orgânico que vai para os aterros sanitários, quanto gerar um excelente biofertilizante para as plantas.

Minhocário

Tenho recebido várias perguntas sobre minhocário no artigo “Como fazer um minhocário doméstico”. Por isso, este artigo busca esclarecer as dúvidas mais comuns, bem como complementar com outras informações interessantes.

Outra maneira de fazer um minhocário

Encontrei no livro Soluções Sustentáveis – Permacultura na Agricultura Familiar outro modelo de minhocário, que é um pouco mais rústico do que o modelo em caixas plásticas.

1. Forre uma caixa de frutas (madeira) com papelão e faça 12 furos no fundo.

2. Encha a caixa com pelo menos 30 cm de uma mistura de esterco de vaca curtido e jornal picado (sem cor) ou papelão.

3. Molhe com água até que fique como uma esponja.

4. Adicione um punhado de minhocas vermelhas.

5. Espere 2 dias e depois alimente as minhocas com folhas secas, ervas daninhas, frutas, cascas de ovos e até cabelo humano.

6. Cubra com palha.

Usos do húmus e chorume

O húmus da minhoca é um excelente biofertilizante que pode ser usado em hortas, sementeiras e vasos. O suco do húmus, ou chorume, é ótimo para tratar folhas atacadas por fungos. É incrível como as plantas crescem quando se aduba o canteiro com húmus.

Como retirar o húmus

Para fazer a retirada, coloque os restos de alimentos somente de um lado do minhocário. Em alguns dias a maioria das minhocas vai se mudar para esse lado, liberando o outro para retirada do húmus.

Cuidados com as minhocas

Coloque o minhocário em local fresco, sem incidência direta do sol. Se deixá-las diretamente ao sol elas podem fugir ou até mesmo morrer.

Nunca use jornais coloridos ou sacolas plásticas pois eles contém materiais tóxicos para as minhocas. Use somente uma fina camada de substrato, folhas secas, jornais comuns ou serragem acima dos resíduos.

Mantenha o minhocário sempre fechado para evitar odores, moscas e formigas. Estas últimas atacam as minhocas. Se o modelo for aberto (como do modelo descrito no começo do artigo), deixe os restos de alimentos misturados na terra antes de colocar no minhocário. Isso vai evitar que formigas sejam atraídas.

Esterco animal que podem ser usados

Estercos de vacas, galinhas, coelhos, preás e até caprinos podem ser usados tanto no minhocário como também diretamente na adubação do solo. Não use esterco de cachorro ou de gato.

Onde encontrar minhocas e minhocário

Oferecemos composteiras/minhocários prontos para uso doméstico em quatro tamanhos. Acesse aqui a nossa loja virtual.

—- // —-

Nos próximos artigos vou falar sobre classificação de plantas, procedimentos de plantio de algumas ervas e sementeiras. Até lá!

Créditos pela foto: maurobrock (cc by)

Índice de posts sobre o assunto

Baixe já o Manual de Hortas & Canteiros

capa_ebook_manual

e descubra como começar ou cuidar do seu canteiro ou horta.

privacy Valorizamos a sua privacidade

About The Author

Elaine Maria Costa

Elaine Maria Costa é administradora, coach e permacultora, faz compostagem doméstica desde 2009. Em 2013 mudou-se de uma área urbana para morar numa chácara em Embu das Artes – SP com o objetivo de ter maior qualidade de vida, contato com a natureza e sustentabilidade pessoal.