Evitando o desperdício de alimentos

Como eu já havia comentado antes, a questão do desperdício de alimentos apresenta um impacto muito maior do que parece. Talvez por hábito ou falta de informação, o brasileiro desperdiça cerca de 1/3 de todo o alimento que compra. Ou seja, 1/3 do que compramos (e do respectivo dinheiro) vai direto para o lixo. E isso porque vivemos em um país com com 14 milhões de pessoas que vivem diariamente em situação de insegurança alimentar grave. Não será hora de mudarmos esse quadro?

Seja no restaurante, padaria ou em casa: precisamos eliminar o desperdício. Consumir de forma consciente, dando o real valor à coisas (nesse caso, aos alimentos), é fundamental para que possamos consumir sempre. 

Mas como podemos evitar o desperdício de alimentos?

1. Planejar o cardápio da semana e fazer compras frequentes. Isso permite comprar só o necessário para a semana, mantendo os ingredintes frescos e saborosos;

2.  Fora de casa, prefira restaurantes do tipo self-service (ou à quilo), pois permitem que você monte seu prato conforme sua fome e seus gostos, evitando sobras de alimentos;

3. Evite ir sozinho a restaurantes a la carte ou pizzarias, exceto quando as porções forem pequenas ou pizzas em sistema de rodízio. Observe que os pratos aumentaram de tamanho nos últimos anos, o que acaba sempre gerando sobras. A não ser que você opte por levá-las para casa, é bom ir acompanhado (a).

4. Ensine às crianças logo cedo. É comum vê-las em restaurantes pedindo uma variedade de coisas que acabam não comendo. Ensine-as a consumir de forma consciente. Para isso, não tem jeito: é necessário dar o exemplo.

5. Aprenda a aproveitar as partes menos nobres dos alimentos. Só porque um talo é historicamente separado da folha não significa que o mesmo seja desprovido de atrativos. Por exemplo, a rama da cenoura permite fazer um bolinho ma-ra-vi-lho-so!!! E super nutritivo. Os talos da maioria das verduras podem ser reaproveitado no arroz e até na salada. É só usar a imaginação;

6. Aprenda um pouco sobre um dos hits da culinária: restodontê. As sobras de alimentos de ontem podem render novas e deliciosas receitas;

Segue abaixo um vídeo da campanha do Akatu sobre o desperdício de alimentos. Vamos fazer a nossa parte?

About The Author

Elaine Maria Costa

Elaine Maria Costa é administradora, coach e permacultora, faz compostagem doméstica desde 2009. Em 2013 mudou-se de uma área urbana para morar numa chácara em Embu das Artes – SP com o objetivo de ter maior qualidade de vida, contato com a natureza e sustentabilidade pessoal.